Cidades

Cidades

No segundo semestre de 2014 a REDERESÍDUOS foi contratada pela URBAM – Urbanizadora Municipal, responsável pela gestão integrada de resíduos sólidos na cidade de São José dos Campos – SP.

São coletadas diariamente 550 toneladas de lixo comum e 52 toneladas/dia de recicláveis. Foram comercializados em 12 meses 912 lotes de resíduos dos diversos materiais recicláveis.

Quantidades por tipo de material, receita auferida e externalidades estimadas

MATERIALQUANTIDADE 
KG/ANO
     RECEITA
     R$/ANO
BENEFÍCIOS 
DE GESTÃO
R$/ANO
BENEFÍCIOS 
ECONÔMICOS
R$/ANO
BENEFÍCIOS 
AMBIENTAIS
R$/ANO
METAL          665.518      801.928        145.274             633.367           107.216
OUTROS            84.040        19.201          18.489                   –                   –
PAPEL       2.733.211      637.178        601.306            901.960             81.996
PLÁSTICO       3.030.654  4.107.348        666.546         3.514.515           181.785
VIDRO          487.610        63.450        107.274              58.513               9.752
TOTAL       7.001.033                  5.629.106     1.538.890        5.108.354          380.749

A REDERESÍDUOS automatizou o processo de leilão dos materiais e contribuiu para promover a transparência na comercialização dos materiais recicláveis, bem como:

  • Foram geradas métricas e indicadores de forma automática e transparente.
  • Foi criada uma rede facilitadora de negócios para o mercado de resíduos e reciclagem composta de mais de 30 empresas.
  • Houve maximização do retorno financeiro através da comercialização de materiais comercializados na bolsa de leilões, com valores cerca de 10% maiores que os lances mínimos estipulados com base em valores históricos, pois participavam de cada certame mais de 10 empresas, em concorrência acirrada.

O material reciclado coletado pelos catadores organizados no Brasil, considerando os dados do Diagnóstico do manejo de Resíduos Sólidos Urbanos – 2014 totaliza 584.000 ton. Se fossem comercializados nas mesmas bases nas quais a URBAMopera, gerariam uma receita de mais de R$ 469 milhões: economia em aterro para as prefeituras de R$ 128 milhões; externalidades referentes a benefícios econômicos de R$ 426 milhões e benefícios ambientais de 119 milhões.